sexta-feira, 25 de maio de 2007

Improviso com Ilari... repente... amigos brincando com as palavras... de uma forma explicita e poetica... nao liguem...kkkkkkkkkk

>>>Ilari
E se eu aqui agora
Te fizer um desafio
Te chamar pra escrever
Sem tentar perder o fio será q vai rolar??
Vamo lá
Vou dizer pra ocê
Como é bom te acompanhar
Vou tentar versificar
Vou fazer tu enlouquecer
>>Duka
Tente mas pense ligeiro...
Pq hj eu to com a gota...
Com pensamento maneiro..
Não me escondo atrás da moita..
>>>ilari
Vou rimando a improvisar
Vc é retado mesmo
Fala com palavras bonitas
Vejo que nunca desafina
Vai tentando entrar na rima
>>>Duka
Toda palavra é bunita...
Só depende de quem fala,
Como fala ou na escrita,
Como ouve e como cala
>>>Ilari
Vc tem toda razão
Isso todos sabemos
Que não existe grande mistério
Pra sorrir e fazer canção
Digo apenas uma coisa
>>Duka
Poesia é muito bão
>>>ilari
Tem que ser muito sincero
E ouvir teu coração
>>>duka
Ou então ate mesmo
Ter que baixar o pistolão...
Se pegar com o violão
Da um abraço no irmao
E depois puder vuá..
>>>ilari
Então vamo começá
Vamo parar de brincá
De vc eu sei que posso
Exigir todo demais
Solta o verbo pra fora
Vou mostrar como se faz
Isso aqui è um desafio
Como os do nosso sertão,
Tem que ser cabra da peste
Uma faca e facão na mão,
Pra poder espantar os loucos
Que se vem na direção...
>>>Duka
Eu agora me instiguei..
Tu falasse do sertão..
Disse q'eu tava demorando,
Mas num é verdade não.
>>>Ilari
Deve ta é namorando
>>>duka Isso até que possa ser...
Tem gatinhas aki na net
Mas isso é outro papo
Que não entra em nossa enquete
>>>ilari
Vixe que eu quero ver
>>>duka
Vou durmi com a doutora
Que alem de açogueira...
É uma moça muito boa...
Não é boba..
É esperta...
Gosta mermo é de brincar,
Nem agressiva nem quieta...
Faço mermo ela indoidar
>>>ilari
Mas quem é q nesse mundo não gosta de namorar??
Vc se diz muito mulato
Diz que sabe namorar
Diz que faz chuva cair
E anda sem se molhar
Diz que ate relâmpago brabo
Já pegou com sua mão
Diz que toda tua energia
Vc usa e faz canção
>>>duka
Assim tu me faz é ri
Eu num posso me guentá
Mas si isso é verdade
Eu posso fazer o que
Me esconder na vaidade
Timidez vá se fuder
Quero mais é que ela parta
A milhão pra bem distante...
Deixe eu com minhas loucuras D
e um ser-maluko-errante
>>>ilari
Mas menino não se assuste
Loucura é coisa boa
Coitado de quem no mundo
Vive a vagar a toa
nao sabe o que ta perdendo
O sertão não perdoa.
Mas melhor do que isso
Eu agora vou dizer
A melhor coisa do mundo
È ver mulher derreter
Vixe meu pai do céu
Êta mainha do mar
Como gosto de cantar
No teu leito e navegar
Posso ate o mundo ver
Fosso tu se arrepiar
E se tu não interromper
Eu não vou me abalar
Vou falar, cantar pular
Vou ficar a improvisar
>>>duka
Eu concordo plenamente...
Não há nada mió que muié.
Em pé, de lado, deitada,
Ou até de 4 pé...
>>>ilari Branca, preta mulata
Eu gosto de todas as cores
Gosto de todos tamanhos,
Gosto de brincar na cama
Gosto de brincar no banho
Mas se o bicho ta pegando
Me tenho logo a tremer
Fico torto, abestalhado
Sem saber o que fazer..
Corro logo pra caneta
Pego no papel branco
E me tenho a escrever
>>>Duka
Era isso que eu ia dizer

24.05.2007

Nenhum comentário: