sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Gostei!

abro a janela...
uma fresta...
de forma modesta...
só que ela passa...
a flor de minha primavera...
suave na brisa...presença... tão farta....
é quando o som do silêncio...
diz tudo calado....
e tudo acontece...
na verdade de tudo o que penso...
de tudo desfruto...
e o poema se tece...

DukaSouto

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Shcwbethy

Hoje cheirei com saudade...
a flor de meu amor...
e minha vaidade...
resolveu... o tal momento...
transcrever em verso...
musicamos na mesa de bar...
desenhei-a com a ponta do meu dedo...
tomei distância, mesmo perto, e me apaixonei...
na observância de seu floral universo...

DukaSouto

Blues...

Uns versos salgados...
com sabor de sargaço...
o "mistério do planeta" revivido espéctadoramente....
decorrente de loucuras individuais...
não de propriedades autorais, por conta da Zuwuya...
é assim que conhecemos...
nosso Deus...
descobrimos...
nosso Diabo...
o que é verdade...
e que ninguém é capaz de mentir ao outro...
... a partir do momento em que o ouvinte acredita que é vero...
o mentiroso mente apenas para si...
isso é a criança...
a purificacência....
o não criar espéctativas...
a confiança...
o amor...
a amizade...
o respeito...
isso...
é apenas...
ser...

Duka Souto

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

o Curso

é a vida que segue seu curso...
o rumo é desconhecido...
o caminho perigoso e florido...
e as belezas espalham a paz...
mas sempre queremos mais...
que apenas um rumo desconhecido...
ou, um caminho perigoso e florido...
é a vida que segue seu curso...

Duka Souto