terça-feira, 29 de março de 2011

RomaLem

dói...
...quando se ama o amor diferente...
...brilha...
na lágrima a escorrer no rosto...
...molha...
o lábio e salga a boca dela...
na fenda criada por um sorriso...
...fosco...
olha através dos olhos...
...a janela...
flores de primavera...
...aroma sente...
leve... por entre abelhas...
...a flutuar...
no enxame o mel amor em sua nascente...

DukaSouto

sábado, 19 de março de 2011

Para-fuso-com-para-fuso

Parafuso...
       ....o fuso para...
o tempo
         para...
                   o mundo todo...
          se repara...
                 em para-fuso...
     mas se dé-para!
         com fuso, e abstrato se
                         separa...
Paro o fuso...
                     no momento....
            meu tempo...
                  diz-para,
                                para onde?
                     di-fuso...
                         onde o fuso...
                                           para?
          Quando para o fuso...
                   ouço mesmo surdo...
                               tudo se...
               ...com para;
           Cala, grito mudo
           fala, absurdo...
          com-fuso pára.

Duka Souto 2007

terça-feira, 1 de março de 2011

Celebrar...
e descereberar...
pelo fato de vivermos...
sempre, distantes...
lugares, pessoas...
descobrindo sozinhos...
separados...
jamais houve uma comemoração...
de nós...
uma ciranda...
um esquecer o mundo...
por um momento...
depois do juntar...
o romântico nos fugiu...
e a burocracia, instalou-se...
concordas? ou estás de acordo?
em silêncio...
sem a certeza, do agora...
vivo o que amo...
e amo sem importar-me com a vida...
a incrível, formosíssima flor...
que sprekeliando... ou esquecendo a delicadeza...
da primavera...
compartilha comigo...
seu agora...
reflito...
calo...
na loucura...
do embalo...
da cor...
e o amargo...
da...
união...

Duka Souto