quinta-feira, 24 de maio de 2007

Palavras...

Palavras...
palavras...
palavras...
para que palavras?
diante daquele olhar penetrante,
silencioso,
risonho...
inesgotavelmente tilintante..
que calou-me a fala,
estigou-me a poesia,
trouxe sorte pro meu dia,
carregou-me de leveza,
de beleza sem escala,
dentro d'uma composição,
onde os lábios esborram graça,
sutileza e tudo mais...
Palavras...
de que servem essas coisinhas..
tão singelas..
miudinhas,
e ainda assim..com elas..tento..
no momento..
descrever um sentimento..
a metafísica sem tempo..
sem argumento..
prosa ou verso..
quando eu olhei aqueles olhos..
quando senti a energia..
emudeceu-se o que eu dizia..
pensava..
ou queria pensar..

Duka Souto 20/05/07

Um comentário:

isabella disse...
Este comentário foi removido pelo autor.